21 • setembro • 2016

Quer ter sucesso no seu processo de emagrecimento? Estabeleça metas realistas

Você tem suas metas definidas em curto prazo e longo prazo? É muito importante defini-las, pois muitas pessoas começam uma atividade física, uma reeducação alimentar estabelecendo metas desafiadoras demais e que levará muito tempo para alcança-las e esse é um dos motivos que as pessoas desistem e acabam se frustrando por não conseguirem alcançar seus objetivos no tempo que desejaram.

Qual é a sua meta?

Vestir um tamanho específico de roupa?
Chegar a um determinado peso?
Ter uma aparência mais jovem?

É necessário que se estabeleça uma meta realista para que você alcance seus objetivos gradativamente, comece definindo suas metas de curto prazo, exemplo emagrecer dois quilos assim que atingir esse objetivo deve-se comemorar e estabelecer emagrecer mais dois quilos e assim por diante. Se você tiver um profissional te ajudando nessa etapa, peça ajuda para estabelecer esse prazo.

Observe abaixo alguns exemplos de metas não realistas e metas realistas:

metas

Sempre que for estabelecer uma meta é muito importante fazer um automonitoramento, para verificar se sua meta é realista, temos que sonhar em almejar algo grande (longo prazo), mas temos que ter a consciência em dividir esse sonho em pequenas ações (curto prazo) para que você possa realizar e ter êxito em seus objetivos.

22 • agosto • 2016

Quer emagrecer? Cuide de sua mente, todos os seus desejos moram lá

Algumas dessas frases lhe parecem familiar?

pensamentos

Pois bem, Seja bem vindo!

Esses são os pensamentos automáticos que podem colocar a dieta por água abaixo, são os chamados PENSAMENTOS SABOTADORES que ocorrem no processo de emagrecimento, é muito importante fazer uma automonitorização e identificá-los, rebater as ideias que podem prejudicar o seu processo de reeducação alimentar.

doceoufruta

A mente desiste primeiro que o corpo, esquecemos que a mente controla as nossas sensações e ações, por isso para obter êxito no emagrecimento é preciso se conhecer e entender como sua mente funciona, identificar pensamentos sabotadores e porque você sempre fracassou nos planos alimentares anteriores é fundamental para seguir em frente com motivação e sucesso.

O cérebro é quem faz as opções alimentares, seleciona as quantidades e durante o exercício define o tipo e a intensidade, mais que isso, é a cabeça que se frustra com os resultados ruins, desanima e desiste.

Estudos comprovam a eficácia do emagrecimento através da Terapia Cognitivo Comportamental, baseada na teoria que o pensamento interferi diretamente ao nosso sentimento e consequentemente determina o nosso comportamento, é a sequência Pensamento > Emoção > Comportamento, uma das formas de auxilio é aprender a identificar quando se utiliza da comida como um refúgio (Fome emocional), e a partir não só disso, reeducar o cérebro para as mais variadas situações.

A atividade mental guiada pode levar a mudanças comportamentais que favorecem o emagrecimento, um cérebro treinado ajuda no processo de perda de peso, melhorando as escolhas e o comprometimento com os resultados.

Veja abaixo, alguns exemplos de pensamentos sabotadores que podem ocorrer durante o processo de emagrecimento e suas respostas funcionais.

emagrecer

As respostas funcionais ajudarão a contrariar os pensamentos automáticos favorecendo o processo de emagrecimento, consequentemente desenvolvendo melhor resistência aos pensamentos sabotadores, ao serem aprendidas e dominadas, essas habilidades farão parte do seu cotidiano, auxiliando a manter o peso ideal por toda vida.

15 • julho • 2015

Se você quiser emagrecer, esteja feliz!

Muitas pessoas pensam que estar em um determinado peso ou caber em certo tamanho de roupa fará com que elas sejam felizes, o que não significa que todas as pessoas magras sejam necessariamente felizes.

Manter uma postura positiva e estar feliz gera resultados melhores, mais auto confiança, mais energia, e claro, mais capacidade de chegar ao peso que você almeja e nele permanecer. Na verdade, quando seu cérebro encontra-se otimista e positivo, ele funciona em um nível muito mais eficiente do que quando tem sentimentos negativos ou pensamentos padrão.

Porque ser feliz?

Pesquisas sugerem que a felicidade pode influenciar em sua escolha por um estilo de vida saudável, e pode até ajudar seu cérebro a reforçar comportamentos regulados por emoções positivas, em vez de priorizar aqueles controlados por emoções negativas, como medo, insegurança ou solidão.

A felicidade mantém tanto seu cérebro como seu corpo mais saudáveis ao reduzir níveis de hormônios de estresse e inflamações. Além de sentir mais relaxado e contente, há muitos outros motivos pelos quais ser feliz faz a diferença, especialmente quando se trata da saúde de seu cérebro.

Sua felicidade pode:

Incentivar o desenvolvimento de sinapses – sinaptogêneses
Aumentar a eficiência mental
Ampliar sua habilidade de raciocínio e análise
Afetar a percepção do que o rodeia – estar mais “antenado”
Melhorar sua atenção

Isso ajuda a perceber o porquê a felicidade é tão importante. Padrões de pensamentos felizes resultam em pensamentos mais felizes. Quando se está feliz, você consegue controlar melhor a tomada de decisões e sente-se mais confiante com relação a comportamentos saudáveis que influenciam o peso.

Agora que você conhece esse pequeno truque que vem da neurociência, aplique-o em sua própria busca pela magreza, buscando três coisas que lhe fazem feliz diariamente.

Quais são? Poste para gente usando a hashtag #listafeliz

05 • março • 2015

Emagreça… Para sempre!

Todos os dias nos deparamos com novas dietas, novos suplementos ou alimentos com propriedades que prometem eliminar muitos quilos em poucos dias.

E tem muita gente achando que com essa tal dieta nova ou a tal cápsula que acabou de ser lançada na internet por algum famoso será a solução de seus problemas estéticos.

Ainda não lançaram nenhum suplemento ou cápsula mágica que substitua alimentação equilibrada associada de exercícios físicos regulares para se obter um corpo magro e sadio.

Você já percebeu que as dietas de modinha não são sustentadas por muito tempo? Athikins, Dukan, da sopa, do limão, etc. Essas dietas privam o indíviduo do prazer de se alimentar e desfrutar de uma alimentação equilibrada em nutrientes. Muitos desistem em poucos dias não apenas pelo desprazer que essas dietas causam, mas principalmente pela falta de energia causada pelas restrições excessivas.

Não existe dieta certa ou errada. Existe um plano alimentar que é elaborado de acordo com os objetivos e necessidades do paciente.

É preciso respeitar a individualidade biológica de cada um. Lembrando que o nutricionista é o profissional capacitado para elaborar esse plano alimentar adequado para você.
Então, pra fugir desses modismos e do efeito sanfona vou dar algumas dicas simples de serem colocadas em prática no dia a dia. Não precisa alterar seu estilo alimentar num único dia. Vá colocando em prática uma dica de cada vez, mas persista em seu objetivo.

1- Não pule o café da manhã
Essa é a refeição mais importante do dia. Lembre-se que você passou um longo período em jejum e seu corpo precisa de nutrientes para funcionar de forma correta. Além disso, quem faz o café da manhã não sente necessidade de ficar beliscando bobagens ao longo do dia;

2- Faça no mínimo 6 refeições por dia
O jejum prolongado deixa o seu metabolismo lento e favorece o acúmulo de gordura corporal. Consuma nos lanches intermediários alimentos fonte de proteína magra: iogurte light desnatado, queijo minas frescal e omelete de claras são ótimas opções.

3- No almoço e jantar divida seu prato em 4 partes, sendo, que 2/4 desse prato seja ocupado por folhas e legumes
As folhas e legumes possuem fibras que dentre inúmeros benefícios promove saciedade precoce contribuindo para uma menor ingestão de alimentos.

4- Exclua os alimentos que contenha farinha de trigo branca e açúcar na composição
Esses alimentos possuem alto índice glicêmico, que favorecem o depósito de gordura corporal. Consuma apenas carboidratos de baixo índice glicêmico: batata-doce, pães e cereais integrais, farelo de aveia, etc.

5- Coma quantidades adequadas de proteína
Os alimentos proteicos, em quantidades adequadas, além de acelerar o metabolismo, contribui para a redução de gordura e melhora o tônus da musculatura. Dê preferência para o consumo de proteínas magras: peito de frango, peixe assado ou grelhado, carne vermelha magra (contra-filé, patinho, alcatra), clara de ovo. Se for necessário, suplementos de proteína podem ser inseridos no cardápio, mas para isso procure um nutricionista esportivo para te orientar.

6- Beba água
Nosso corpo é composto por aproximadamente 65% de água. A água hidrata, compõe o sangue, auxilia no transporte de nutrientes, retira as impurezas no organismo, ajuda a regular a temperatura corpórea e o intestino e “engana a fome”. Consuma no mínimo 2 litros de água no dia.

7- Pratique exercício físico regularmente
Pode ser musculação, dança, natação, corrida. Enfim, a modalidade não importa. O que importa é se mexer. E que esse exercício seja realizado de forma regular e sempre com orientação de um profissional especializado.

Lia Raquel Manfredi – Nutricionista Esportiva
CRN3 33030

17 • fevereiro • 2015

Matcha – Chá emagrecedor do momento

Considerado o chá emagrecedor do momento, o MATCHA refere-se ao chá verde (Camellia sinensis) em pó. É considerada a versão mais nobre do já conhecido chá verde devido à maneira como é produzido e pela quantidade de nutrientes presentes em sua composição.

O consumo do matcha iniciou-se no Japão no século XII. Foi trazido da China pelo monge japonês Eisai. No inicio era consumido apenas em rituais budistas. Após o século XIII passou a ser consumido também pelos samurais como uma adaptação do budismo. Atualmente é servido nas “Cerimônias do Chá”, atividade tradicional com influências do Taoísmo e Zen Budismo, na qual o chá verde “Matcha” é preparado cerimonialmente e servido aos convidados.

A produção do matcha inicia-se semanas antes da colheita quando as plantações são cobertas para evitar a luz solar. Esse procedimento desacelera o crescimento das folhas tornando-as mais longas, finas e ricas em clorofila e aminoácidos, especialmente a L-teanina.

A L-Teanina confere a ele um gosto mais suave e adocicado quando comparado ao tradicional chá verde.

Os brotos (chamados de Tencha) são colhidos cuidadosamente à mão e colocados para secar em ambiente fechado. Após a secagem as folhas são moídas em moinhos de granito e resultam em um pó muito fino de cor verde brilhante. É necessário uma hora para produzir 30g de matcha.

O matcha deve ser acondicionado corretamente para evitar a oxidação. Quando oxidado apresenta cheiro de feno e uma coloração marrom esverdeada.

A qualidade do matcha e seu trabalhoso processo de produção justificam o valor elevado desse produto. O matcha de qualidade inferior é comercializado por um valor mais baixo. Na verdade esse é o Konacha, chá verde em pó feito a partir de folhas colhidas mais tarde (denominadas Sencha) e, portanto mais endurecidas. Quando moídas resultam em um pó mais espesso e arenoso e o sabor é mais amargo e forte.

A Camellia sinensis é uma planta de uso milenar e seus benefícios cardiovasculares já foram comprovados pela American Society for Nutrition. De acordo com a matéria publicada no Journal of the American College of Cardiology em 2005, é recomendado o consumo de duas xícaras por dia para redução do risco de doenças cardiovasculares.

Outras pesquisas comprovam a ação benéfica da Camellia sinensis no emagrecimento. Isso ocorre devido aos flavonóides e a cafeína presentes em sua composição, que afetam positivamente o metabolismo energético e de gorduras.

Se o chá verde já proporciona vários benefícios, imagina o Matcha que seus nutrientes são mais concentrados? Comparado ao chá verde, o matcha contém até 15x mais nutrientes e 50x mais antioxidantes.

Agora que você já sabe de tudo isso, que tal preparar o seu matcha? Mas lembre-se, o chá sozinho não faz milagres. Pra se beneficiar é preciso associar o consumo de matcha a uma alimentação equilibrada e a prática regular de exercícios físicos.

Marina Iris - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2018