Please assign a menu to the primary menu location under menu

Sucesso requer planejamento. Se você não planejar é sinal que você planeja falhar

Se inscrever em uma academia é apenas o primeiro passo para mudar seu estilo de vida. A partir daí você precisa traçar metas atingíveis e reais.

Não adianta se sujeitar a dietas malucas, com baixos valores calóricos, colocando seu corpo em situação de risco para perder peso.

E se você é daqueles que quer se tornar um bodybuilder não pense que abastecer sua coqueteleira com Whey, Malto, Glutamina, Creatina e BCAA’s e tomar imediatamente após seu treino, você conquistará o corpo que tanto almeja em apenas três meses.

O trabalho é árduo, seja para emagrecer ou para aumentar sua massa muscular. É preciso planejar todo seu processo de treinamento, alimentação e descanso.

Esses três pilares precisam estar em sintonia para que você consiga atingir seus objetivos.

ALIMENTAÇÃO

O planejamento alimentar precisa estar adequado com seu objetivo e para isso somente o nutricionista será capaz de planejar e lançar estratégias ideais de acordo com seu biótipo para atingir seus objetivos.

O uso de suplementos alimentares são muito positivos e o mercado está fervoroso com diversas opções, mas é preciso saber fazer a escolha certa e na hora certa para que seu corpo responda de forma efetiva.

O primeiro passo é adequar sua alimentação. Se você deseja emagrecer a matemática é simples, é preciso consumir menos e gastar mais. Mas cuidado com o consumir menos, seu nutricionista é a única pessoa que saberá se é hora de restringir carboidratos, utilizar algum suplemento alimentar, organizar a proporção de proteínas, carboidratos e gorduras e suas fontes.

Agora para você que quer aumentar sua massa muscular a estratégia é outra. A conta passa a ser feita da seguinte maneira. Você precisará consumir mais e gastar menos. Mais atenção, consumir mais requer planejamento. Isso não significa sair por ai comendo tudo o que vê pela frente sem selecionar os alimentos de forma correta.

É preciso adequar a fonte dos carboidratos entre simples e complexos, levar em consideração o índice glicêmico dos alimentos e adequar a ingestão de proteínas e gorduras.

Comprar um pote de hipercalórico pode sim ser uma boa estratégia, mais isso dependerá da interpretação do nutricionista em avaliar sua rotina de trabalho e apetite para decidir optar pelo uso de um hipercalórico em momentos em que você não tiver tempo hábil para fazer uma refeição sólida.

TREINO

Planejamento alimentar estruturado, agora é hora de organizar seu programa de treinamento.

Independente do seu objetivo é preciso passar por um processo avaliativo. Uma anamnese mais aprofundada para conhecer você e suas necessidades, avaliação de composição corporal, e avaliação funcional serão nosso “norte”.

Nem sempre o que você quer é o que você necessita em um primeiro momento. Através da avaliação funcional poderemos detectar alguma disfunção articular e será preciso corrigir isso primeiro antes de focarmos no seu objetivo principal.

Vamos entender melhor:

Se diagnosticarmos em sua avaliação funcional uma disfunção na articulação do quadril com uma significativa perda da mobilidade do mesmo, você não conseguirá realizar o exercício de agachamento de forma segura e mais eficiente. Será preciso corrigir essa disfunção antes de pensar em trabalhar com grandes sobrecargas para conquistar um “bumbum mais durinho”.

Seu programa de treino precisa ser configurado para você e suas respectivas necessidades. Para isso utilizamos de um planejamento que damos o nome de periodização de treinamento.

Periodizar treinamento significa organizar seu treino com períodos de estímulos e recuperação de forma a controlar todas as variáveis. Um bom programa de treinamento planejado e periodizado lhe dará a oportunidade de preparar seu corpo para desenvolver todas as capacidades físicas no momento certo.

Treinamento também é rotina. Variar por variar sem organização não lhe trará resultados sustentáveis e efetivos. As sessões de treinos não podem ser aleatórias. Não adianta chegar na academia e decidir naquele momento o treino que fará. É preciso um planejamento e respeitar cada fase do treinamento.

Um iniciante não pode chegar na academia e decidir realizar um treino de força pura com cargas de 85-95% de 1R.M por exemplo. Seu corpo ainda não está preparado para isso.

Ou se você deseja emagrecer não pense que realizar treinos em circuito todos os dias por um período indeterminado lhe trará o resultado esperado. Seu corpo é inteligente e ele se adapta muito rápido a qualquer tipo de estimulo.

RECUPERAÇÃO E DESCANSO

Esse é o momento que damos menor importância, porém o que considero o mais importante.

Não pense você que é durante o treino que você consegue os resultados. Treinamento é apenas estimulo, o resultado virá depois na recuperação. De nada adiantará fazer um super treino se você não se alimentar adequadamente.

Dormir também precisa fazer parte do planejamento. Organize-se para dormir pelo menos 6 horas por dia. Estudos mostram que menos de 6 horas de sono diárias geram alterações hormonais podendo acumular mais gordura e dificultar na síntese de proteínas dificultando o aumento de massa muscular.

Guarde seu celular, notebook, tablete, desligue a tv. Evite equipamentos eletrônicos durante a noite eles atraem sua atenção e consomem seu tempo, muitas vezes o levando mais tarde para a cama.

Se você chegou até o final dessa leitura é sinal que você está comprometido com você e com sua saúde e tem ou terá um planejamento de vida a partir de hoje.

Jefferson Felicio – Gestor Técnico C.T Core Movement | CREF 69963-G/SP

Leave a Reply