17 • janeiro • 2015

Seu cérebro precisa se hidratar – Parte 2 – Durante o exercício!

Muita gente pensa que a hidratação durante a atividade física só deve ser feita durante sessões prolongadas. Ledo engano! A manutenção da termorregulação, bem como o controle de evitar a desidratação e a manutenção do volume plasmático – são essenciais para o bom desempenho no exercício e para o bom funcionamento do cérebro.

Em atividades que durem mais que 1 h, os atletas devem repor fluidos com ingestão de carboidratos e eletrólitos preferivelmente à água.a regra não tão fácil de mensurar é a seguinte: devemos repor os líquidos na mesma proporção que eliminamos pela sudorese – difícil né?

Em exercícios moderados podemos perder até 2% de líquidos em relação a massa corporal, chegando a 6% em treinos mais intensos. Ou seja, por aí temos um parâmetro razoável. Um valor adequado é de 1l por hora.

Importante salientar que a percepção de sede, não é um parâmetro adequado, muitas vezes quando se baseamos nesse quesito podemos sofrer desidratação. E lembre-se que as atividades cerebrais comandam todo o processo de metabolismo – ou seja – se estivermos realizando um reposição hídrica inadequada de líquidos durante o exercício, podemos estar atrapalhando o processo de queima de gordura e/ou de construção muscular.

Resumindo, durante sua atividade física é recomendável que você ingira líquidos nos primeiros 15min de treino. E mantenha a ingestão a cada 15-20min.

Questões como: Isotônicos engordam? Quando tomar? Vamos discutir em posts posteriores, ok? Então, leve sua garrafinha e se hidrate. E poste sua foto para vermos a sua hidratação usando a hashtag #CérebroHidratado.



By Marina - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2017