Peito de Peru – falso amigo da dieta

O peito de peru é muito consumido pois é pratico pra fazer sanduíches, omeletes, etc. Mas é um falso amigo da dieta, apesar da carne de peru ser magra, a industrialização do peito de peru defumado acaba deixando a desejar.

Foto: Cassol Centerlar

Isso porque contêm muitos aditivos químicos como corantes, conservantes, espessantes e realçadores de sabor.

O processo de defumação pelo qual o peito de peru passa faz uso de conservantes como nitritos e nitratos extremamente prejudiciais à saúde e com potencial cancerígeno altíssimo.

Nitritos são composições químicas liberadas por alguns tipos de bactérias, sal ou éster do ácido nitroso (HNO2) ou ânion dele derivado. Em conjunto com os nitratos, os nitritos são também utilizados para conservar a carne, mantendo a cor e inibindo o crescimento de microrganismos, no entanto eles podem formar nitrosaminas que são cancerígenas.

Contêm muito, mais muito sódio. As marcas no mercado vão de 400 a 600 mg em 2 fatias. A Organização Mundial da Saúde recomenda um consumo máximo de 2000 mg (2g) de sódio por pessoa ao dia, o que equivale a 5g de sal (lembrando que 40% do sal é composto de sódio).

Se a quantidade de sódio for superior a 400 mg em 100g do alimento, este é considerado um alimento rico em sódio, sendo prejudicial à saúde, devendo ser evitado.

O ideal é não consumir, evitar sempre que puder, pois podem causar problemas sérios como hipertensão arterial, problemas renais e até câncer.

Substitua por peito de frango, queijo branco, ricota, ovos mexidos, etc.

Um nutricionista saberá indicar lanches mais saudáveis de acordo com suas necessidades.

You may also like

1 comentário

  • Mais eu acreditava que ele era melhor que o presunto, então eles se igualam? Oque posso usar para substituir? Obrigada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *