Please assign a menu to the primary menu location under menu

O fantástico mundo de Tim Burton

Oi pessoal, tudo bem? Sou a nova colaboradora aqui do By Marina, e gostaria de agradecer à Marina pela oportunidade de escrever para esse blog que é o máximo!

Bom, estou “incumbida” de falar sobre um assunto MUITO gostoso, que é cinema e TV. Sou publicitária e cinéfila de carteirinha, então fica até redundante falar o quanto esse assunto me interessa e me fascina. E para meu primeiro post, escolhi falar de um diretor, que não por acaso, é meu preferido de todos os tempos:

Depois de grandes sucessos como A fantástica fábrica de chocolates, Beetlejuice, Batman Returns, Alice no País das Maravilhas e Peixe Grande, difícil hoje alguém não conhecer o diretor. Mas nem todo mundo sabe que graças ao seu gosto excêntrico, ele já passou por umas boas.

Por exemplo, quando jovem, Burton foi demitido da Disney ao apresentar a história original do curta Frankenweenie, porque o estúdio achou a história pesada demais para o universo infantil (afinal que criança nunca ressuscitou o cachorro de estimação no melhor estilo Frankenstein, não é mesmo?) – aliás, a mesma Disney que em 2012 comprou a ideia e lançou a obra, desta vez longa-metragem.

Outro grande sucesso, de 1993, criado por ele é O Estranho Mundo de Jack. O filme em stop motion surgiu a partir de um poema de Tim, escrito ainda no início da década de 80. Até hoje o filme rende grandes lucros para a Disney, com a comercialização, além dos filmes, de diversos produtos como bonecos, roupas, acessórios… (duvido alguém ir à Galeria do Rock em São Paulo e não dar de cara com uma infinidade de produtos do Jack!)

Também produtor e roteirista, o visionário diretor está sempre às voltas de um universo fantástico que é uma mistura de terror, comédia e a ingenuidade infantil. Talvez seja esse paradoxo que encanta tanto no trabalho de Tim. Mundos coloridos e ao mesmo tempo perturbadores, sombrios, mas que possuem um encanto inexplicável.

É tanta coisa que se pode falar de Tim Burton… suas parcerias de sucesso com Johnny Depp (Edward Mãos de Tesoura, Sweeney Todd, A Lenda do Cavaleiro sem Cabeça…), seu casamento com a atriz maluquete Helena Bonhan-Carter, a escolha do compositor Danny Elfman em grande parte de seus trabalhos, enfim! Esse post ia ficar imenso, por isso quis me atentar somente a algumas curiosidades e no visual dos seus filmes no geral.

A verdade é que é um verdadeiro prazer acompanhar o trabalho de Burton e contemplar o que a mente criativa desse talentoso diretor vai nos proporcionar em seu próximo trabalho!

1 Comment

Leave a Reply