Entrevista Fit: Ariane Rodrigues

A entrevistada da semana é a Ariane Rodrigues, de 19 anos que mora em Barbacena/MG e é blogueira.

Jogo Rápido:

  • Peso e manequim antes: 73kgs Manequim: 40/42
  • Peso e manequim atual: 56kgs Manequim: 36/38
  • Altura: 1,61m
  • Uma inspiração: Você ♥ Sempre te admirei porque você conquistou um corpo maravilhoso sem radicalismo e a sua rotina alimentar é saudável e sem neura!
  • Uma meta: Minha meta hoje é ganhar um pouco de massa muscular, porém sem deixar de ser magra. Gosto do estilo mais “slim”.
  • Redes Sociais: Facebook | Instagram | Blog
  • 1. Em quanto tempo emagreceu e há quanto mantém?

    Emagreci 14 kg em um ano. Depois de 1 ano e 6 meses percebi que havia ganho 3kg e aí emagreci 6kg com reeducação alimentar e atividade física.

    2. Qual foi sua primeira mudança?

    Minha primeira mudança foi na alimentação. Emagreci 14 kg apenas com reeducação alimentar. Passei a comer de três em três horas e o mais importante: não cortei todas as guloseimas de uma vez. No começo comia duas porções de doces por semana e 2 copos de refrigerante também.

    Com o tempo resolvi cortar o refrigerante de vez e doce como apenas quando estou com muita vontade ou em festas, e claro, sem exageros.

    3. O que fez você decidir que queria emagrecer?

    Eu sempre me sentia incomodada com peso. Queria ser magra como as minhas amigas. Muitas vezes me enganava e me forçava a pensar que eu era magra, mas sempre que saía um comentário desagradável, caía a ficha e eu sofria muito. No começo de 2011 resolvi buscar ajuda profissional pra alcançar meu objetivo.

    4. Qual é a sua história em relação ao peso?

    Eu sempre fui gordinha, desde criança. As críticas sobre o meu peso me acompanharam desde a infância também. Vinham das amigas do colégio, da família e de conhecidos também. No ensino médio não sofri muito com comentários maldosos, mas quando acontecia eu desabava e chorava muito. Eu sempre tentei me convencer que não era gordinha e mesmo vendo meu peso na balança, pensava que eu não aparentava pesar tanto e que ninguém percebia, vivia me enganando. Em nenhuma época da minha vida fui magra, a não ser hoje.

    É inexplicável a sensação de me olhar no espelho e ver uma pessoa magra, bonita e o principal, saudável. Minha paixão pelo estilo de vida saudável é tanta que a escolhi como profissão. Esse ano começo a faculdade de nutrição =D

    5. Quais foram as maiores dificuldades? Como superou?

    Com certeza foram os momentos de compulsão. Eu descobri que tinha compulsão alimentar Quando eu saía da dieta, comia o mundo e não estava satisfeita, isso fez com que eu desse vários passos pra trás e precisasse recomeçar.

    Hoje em dia posso dizer que superei a compulsão. Como? Traçando metas e sendo muito forte. Rejeitei muitas coisas porque sabia que se eu começasse a comer não ia parar. Hoje já consigo comer um pedaço de pizza sem desejar comer ela inteira. Aprendi a ter equilíbrio.

    6. Você era sedentária ou praticava atividades físicas na época?

    Totalmente sedentária. Odiava academia e por isso não pratiquei atividade física no primeiro ano de reeducação alimentar. Me arrependo muito, porque emagreci perdendo massa magra e mesmo depois de ter chego no peso ideal, meu percentual de gordura era alto.

    Há 6 meses comecei a ir na academia e a praticar musculação, meu corpo se transformou!

    7. Você teve ajuda profissional na sua mudança? Como era o cardápio? E sua rotina de exercícios?

    Sim. Desde o início contei com a ajuda de uma nutricionista. Meu cardápio era saudável e tinha de tudo, justamente pra eu não desistir da dieta na primeira semana. Podia comer 2 porções de doces e 2 copos de refrigerante por semana. Hoje em dia tenho acompanhamento de um nutricionista esportivo e meu objetivo atual é ganhar massa muscular.

    Exercícios eu pratico tem 6 meses. Vou a academia 4 a 5 vezes por semana e pratico musculação.

    8. Como se sente agora? Há algum problema de saúde que melhorou? E a autoestima? O que mudou no seu dia a dia?

    Me sinto outra pessoa. Costumo dizer que perdi 17kg e ganhei uma vida. Problema de saúde eu nunca tive. Hoje me sinto mais segura, eu era super complexada com o meu peso e me limitava a várias coisas. É uma alegria meu namorado me pegar no colo, vestir um jeans 36 e não se preocupar em parecer mais “cheinha” usando uma roupa mais larga! Definitivamente, sou outra Ariane!

    9. Dos alimentos da dieta, qual o seu preferido? Como você faz para controlar a vontade de comer doce?

    Ah, tenho vários alimentos preferidos: AMO pão integral, queijo cottage sem lactose e sou apaixonada por whey protein de chocolate, nunca mais tomei achocolatados!

    Eu sou louca por doce, mas só como no day off. Se der muita vontade durante a semana, como um quadradinho de chocolate 85% cacau que aprendi a gostar, e hoje prefiro ele que chocolate ao leite! Dá pra fazer vários doces “fit” com whey também!

    10. Qual é o seu conselho ou dica para as leitoras do blog que querem perder peso?

    Respeitem o corpo de vocês! Não cortem tudo de uma vez, porque dessa forma as chances de dar é errado são enormes. Comecem cortando as guloseimas, o refrigerantes e frituras durante a semana. Acredito que o segredo é o equilíbrio. Não precisamos nos privar de nada, é só não exagerar!

    Gostaram da história da Ariane?

    You may also like

    4 Comentários

    • Linda tem um vlog maravilhoso me ajuda muito e recomenda coisas fáceis e quando eu falo fácil é fácil

    • Nossa… super me identifiquei com a história da Ariane, até porque tenho a mesma altura, estou com o mesmo peso e a minha meta é exatamente a mesma da Ariane! Desde o início de janeiro/2014 eu comecei a mudar meus hábitos alimentares e a me exercitar, e já consigo perceber alguns resultados. Eu decidi adquirir saúde e a perda do peso será apenas uma consequência. Ler essas histórias de superação me dar o maior estímulo. Obrigada meninas…

    • Uaaaau, ela arrasou. Esse ano ainda não foi minha versão Garota Verão, mas o próximo que me aguarde. ehehehe

    • Nossa, mas Ariane não era tão gorda assim, a ponto de sofrer tantas críticas dos que estavam ao seu redor. Não que uma pessoa que esteja muito acima do peso mereça tantas críticas também.. Mas que bom que ela conseguiu alcançar o objetivo dela.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *