Entrevista com o novo atleta da MHP Brasil: Eduardo Biolchi

Tem novidade no time de atletas da marca MHP no Brasil, o mais novo integrante vem de Joaçaba, interior de Santa Catarina e carrega em seu curriculo o título de Campeão Catarinense na categoria Bodybuilding Clássico.

Eduardo biolchi tem 27 anos, é personal trainner e possui experiência em competições fora do país (Arnold Classic Madrid 2012), seu próximo desafio será o Arnold Classic Brasil 2014, que acontece em abril no Rio de Janeiro.

Confira a entrevista exclusiva do atleta MHP para o blog:

Nome: Eduardo Biolchi
Idade: 27
Cidade/Estado: Joaçaba – Santa Catarina
Altura: 1,72
Peso OFF: 80kg
Peso ON: 75kg
Compete na categoria: Bodybuilding Clássico
Profissão: Personal Trainer
Principais Títulos: Campeão catarinense 2013 – Balneário Camboriu

1. Qual sua rotina de treino atual?

Minha rotina de treino está um pouco diferente dos outros anos, estou focando nos membros inferiores onde tenho maior dificuldade de hipertrofia, sendo que respeito com mais ênfase a recuperação dos quadríceps e posteriores de perna e nos membros superiores estou reduzindo treinos de dorsais e deltoides que são os músculos que ganho com muita facilidade.

E outros grupos musculares como peitorais, os bíceps e tríceps fazem a manutenção dos mesmos para acompanhar a evolução dos demais, minha categoria tem como base definição e simetria como um dos critérios mais importantes, por isso sigo um planejamento diferente de outros atletas bodybuildings.

2. Como e quando você começou com a musculação?

Iniciei os treinamentos de musculação no ano de 2002, na época competia como atleta de Power lifting. Inclusive obtive bons resultados conquistando cerca de 30 títulos com destaque para o título de campeão mundial pela WNPF em Atlanta- Geórgia (USA) ano de 2008.

3. De onde vem sua motivação para treinar?
Eu treino faz muito tempo, entrei na academia por que era muito magro e franzino. Eu lembro muito bem como eu era fisicamente quando comecei e a evolução que obtive ao longo do tempo foi muito notável e é o que mais me motiva a continuar.


4. Liste seu currículo como fisiculturista (ano, evento/ competição classificação obtida):

  • 1°Campeonato Catarinense Ifbb 2012 – Balneário Camboriú
  • 3° Lugar no Campeonato Brasileiro Ifbb 2012 – Salvador
  • 12° Lugar Campeonato Arnold Classic ifbb 2012 – Madrid
  • 9º Campeonato Arnold Classic Ifbb 2013 – Rio de Janeiro
  • 3° Campeonato Brasileiro Ifbb 2013 – Foz do Iguaçu
  • 5. Qual foi a última competição/ evento do qual participou e qual foi à posição que obteve?

    Campeonato Brasileiro Foz do Iguaçu – terceiro colocado

    6. Você se inspirou em algum atleta? Qual?

    Me inspirei no Frank Zane

    7. Como é sua dieta?

    Minha dieta mais recente é composta por um alto volume alimentar, em média 250g de proteína e 300g de carboidrato por refeição, a principal fonte de proteína nessa dieta vem da carne vermelha e ovos. Como fonte de carboidrato consumo arroz, macarrão e a batata doce. A dieta que eu sigo também conta com legumes, verduras e também gorduras essenciais como azeite de oliva, ômega 3 e castanhas.

    8. Quais suplementos você usa?

  • Isofast – MHP
  • Myo x – MHP
  • Bcaa 12 hours – MHP
  • Glutamina 12 hours – MHP
  • 9. Como você lida com a vontade de sair da dieta?

    Eu tenho bastante controle e consigo seguir exatamente o que a dieta propõe, tanto que quando não estou em preparação fico ansioso para voltar a fazer e normalizar minhas refeições, mas geralmente em pré-competição é onde tenho maior dificuldade, nos últimos dias o estresse mental juntamente com a dieta e os treinamentos acabam deixando o atleta apreensivo.

    10. Quais são as principais dificuldades que um atleta do Fisiculturismo encontra no Brasil? Existe preconceito em relação à modalidade?

    O fisiculturismo é apaixonante, você não consegue se distanciar, quem realmente vivencia esse esporte sabe do que estou falando, vendo de fora, noto que os consumidores do fisiculturismo estão cada vez mais exigentes, o motivo é a concorrência, alto nível de competitivo e os físicos cada vez mais impressionantes. Já os que não apreciam costumam fazer críticas em relação ao grande volume de massa de alguns atletas por achar algo excessivo.

    11. O que você mais gosta no Fisiculturismo? E o que menos gosta?

    Eu gosto da incrível mudança física dos atletas, impressionante a capacidade e a forma que o musculo pode ficar, me refiro em quase todas as categorias, com mais definição ou mais volume, cada ano noto que o nível está aumentando e ficando cada vez mais difícil e isso é muito bom, o perfil físico dificilmente fica estagnado em atletas de competição. E o que menos gosto ou fico insatisfeito e que em alguns campeonatos os critérios adotados para avaliação das categorias não são julgados da forma correta, prejudicando alguns atletas.

    12. Que dicas você daria para as pessoas que querem tornaram-se fisiculturistas?

    Em primeiro lugar você precisa ter um objetivo e após isso precisa acreditar que você conseguirá atingi-lo, procure pessoas que irão fazer com que seu potencial seja explorado e nunca tenha medo de arriscar, medo de subir no palco ou vergonha.

    13. Que dicas você daria para pessoas que querem atingir melhor forma física, definição muscular e perda de gordura?

    O individuo que almeja alcançar esses atributos precisa da orientação de um nutricionista para criar um programa alimentar especifico para seu objetivo, um treinador para programar a periodização que será necessária para um planejamento geral e especifico de acordo com o seu biótipo e seu objetivo. O que o individuo não precisa é ser imediatista, isso só irá atrapalhar a alcançar o que almeja, o importante é ser bem cauteloso e paciente.

    14. Quais são seus próximos desafios? Quais competições você pretende participar futuramente?

    Eu estou seguindo uma preparação cujo principal objetivo é aumentar de forma mais expressiva o ganho massa muscular isenta de gordura, meu peso de competição é muito próximo do meu peso atual e isso me permite estar o ano inteiro com um físico bem aparente e definido, em contra partida, eu preciso corrigir alguns pontos que contam na avaliação dos juízes, como aumentar a densidade de membros inferiores para uma melhor proporção.

    15. Por fim, deixe uma mensagem para os leitores do blog.

    Procure ir para academia treinar como se fosse o ultimo dia de treino de sua vida, dê sempre o seu máximo, não espere pelos outros e corra atrás para conquistar o que almeja e oque é seu. E não queira satisfazer os objetivos dos outros, satisfaça você mesmo e quando você chegar lá comemore e trace novos desafios, pois a persistência vai fazer com que você se torne um vencedor“.

    You may also like

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *