Please assign a menu to the primary menu location under menu

Emagreça… Para sempre!

Todos os dias nos deparamos com novas dietas, novos suplementos ou alimentos com propriedades que prometem eliminar muitos quilos em poucos dias.

E tem muita gente achando que com essa tal dieta nova ou a tal cápsula que acabou de ser lançada na internet por algum famoso será a solução de seus problemas estéticos.

Ainda não lançaram nenhum suplemento ou cápsula mágica que substitua alimentação equilibrada associada de exercícios físicos regulares para se obter um corpo magro e sadio.

Você já percebeu que as dietas de modinha não são sustentadas por muito tempo? Athikins, Dukan, da sopa, do limão, etc. Essas dietas privam o indíviduo do prazer de se alimentar e desfrutar de uma alimentação equilibrada em nutrientes. Muitos desistem em poucos dias não apenas pelo desprazer que essas dietas causam, mas principalmente pela falta de energia causada pelas restrições excessivas.

Não existe dieta certa ou errada. Existe um plano alimentar que é elaborado de acordo com os objetivos e necessidades do paciente.

É preciso respeitar a individualidade biológica de cada um. Lembrando que o nutricionista é o profissional capacitado para elaborar esse plano alimentar adequado para você.
Então, pra fugir desses modismos e do efeito sanfona vou dar algumas dicas simples de serem colocadas em prática no dia a dia. Não precisa alterar seu estilo alimentar num único dia. Vá colocando em prática uma dica de cada vez, mas persista em seu objetivo.

1- Não pule o café da manhã
Essa é a refeição mais importante do dia. Lembre-se que você passou um longo período em jejum e seu corpo precisa de nutrientes para funcionar de forma correta. Além disso, quem faz o café da manhã não sente necessidade de ficar beliscando bobagens ao longo do dia;

2- Faça no mínimo 6 refeições por dia
O jejum prolongado deixa o seu metabolismo lento e favorece o acúmulo de gordura corporal. Consuma nos lanches intermediários alimentos fonte de proteína magra: iogurte light desnatado, queijo minas frescal e omelete de claras são ótimas opções.

3- No almoço e jantar divida seu prato em 4 partes, sendo, que 2/4 desse prato seja ocupado por folhas e legumes
As folhas e legumes possuem fibras que dentre inúmeros benefícios promove saciedade precoce contribuindo para uma menor ingestão de alimentos.

4- Exclua os alimentos que contenha farinha de trigo branca e açúcar na composição
Esses alimentos possuem alto índice glicêmico, que favorecem o depósito de gordura corporal. Consuma apenas carboidratos de baixo índice glicêmico: batata-doce, pães e cereais integrais, farelo de aveia, etc.

5- Coma quantidades adequadas de proteína
Os alimentos proteicos, em quantidades adequadas, além de acelerar o metabolismo, contribui para a redução de gordura e melhora o tônus da musculatura. Dê preferência para o consumo de proteínas magras: peito de frango, peixe assado ou grelhado, carne vermelha magra (contra-filé, patinho, alcatra), clara de ovo. Se for necessário, suplementos de proteína podem ser inseridos no cardápio, mas para isso procure um nutricionista esportivo para te orientar.

6- Beba água
Nosso corpo é composto por aproximadamente 65% de água. A água hidrata, compõe o sangue, auxilia no transporte de nutrientes, retira as impurezas no organismo, ajuda a regular a temperatura corpórea e o intestino e “engana a fome”. Consuma no mínimo 2 litros de água no dia.

7- Pratique exercício físico regularmente
Pode ser musculação, dança, natação, corrida. Enfim, a modalidade não importa. O que importa é se mexer. E que esse exercício seja realizado de forma regular e sempre com orientação de um profissional especializado.

Lia Raquel Manfredi – Nutricionista Esportiva
CRN3 33030

Leave a Reply