23 • fevereiro • 2014

Entrevista Fit: Aline de Paula Xavier

A entrevistada da semana é a Aline de Paula Xavier, de 31 anos que mora em São Paulo e é formada em Turismo.

Jogo Rápido:

  • Peso e manequim antes: 75kg (em cada gestação – 2 filhos) Manequim: 44
  • Peso e manequim atual: 54kg Manequim: 38
  • Altura: 1.61m
  • Uma inspiração: Bella Falconi
  • Uma meta: Sempre ter uma vida saúdavel e incluir isso na vida da minha família e dos meus filhos. E claro, ter um abdómen mega definido!
  • Redes Sociais: Instagram
  • 1. Em quanto tempo emagreceu e há quanto mantém?

    Depois que meu segundo filho nasceu, demorei quase 1 ano pra chegar no peso que queria 55kg, foi um processo lento mas com certeza definitivo. Não fiz nenhuma dieta radical, mudei os meus hábitos alimentares e fazia exercícios.

    Mantenho o meu peso a 1 ano também, hoje busco o ganho de massa magra e definição muscular, sei que meu peso pode até aumentar por conta disso.

    2. Qual foi sua primeira mudança?

    Comecei mudando a minha alimentação, evitando sempre doces e comidas gordurosas. Como tinha duas crianças pequenas, tinha que adaptar a minha rotina para voltar a malhar e isso demorou um tempo maior.

    3. O que fez você decidir que queria emagrecer?

    Depois que os meninos nasceram, fiquei com o corpo muito feio, me sentia feia e desanimada, nenhuma roupa me servia e minha autoestima estava péssima. Me olhava no espelho e não gostava do que via e decidi que não queria ser assim.

    4. Qual é a sua história em relação ao peso?

    Quando engravidei do meu primeiro filho, o Artur, pesava 53kg e já praticava atividades físicas, porém assim que fiquei grávida, fui proibida pelos médicos a continuar me exercitando o que me deixou muito triste e um pouco depessiva, o resultado disso foi comer sem culpa e realizar todas as minhas vontades, com isso engordei 22kg no final dos 9 meses.

    Depois de 1 ano e 3 meses engravidei do Pietro, meu segundo filho, tive que parar novamente com os exercícios, principalmente no inicio da gestação, porém também não tive muita disciplina e me rendi as tentações e isso me somou mais 17kg. Foram quase 40kg somados as duas gestacões!!

    5. Quais foram as maiores dificuldades? Como superou?

    O mais difícil foi adaptar a minha rotina com a das crianças.Tinha que ter sempre a ajuda de alguem pra conseguir malhar. Com a ajuda do meu marido e das vovós consegui ter uma rotina e me dedicar de corpo e alma e depois de um tempo eles foram para a escolinha e assim consegui me dedicar por mais tempo.

    6. Você era sedentária ou praticava atividades físicas na época?

    Sempre gostei de ir a acadêmia, o que prejudicou foi o periodo da gestação que tive que parar e também não fazia dieta, depois de 3 meses voltei pra acadêmia, porém os exercicos eram feitos de forma leve e moderada. Nada se compara com a dedicação que tenho hoje.

    7. Você teve ajuda profissional na sua mudança? Como era o cardápio? E sua rotina de exercícios?

    Não passei com nenhum nutricionista, fiz uma mudança no meu estilo de vida com uma reducação alimentar. Talvez se tivesse buscado logo no início um profissional, teria tido um resultado mais rápido. De qualquer forma eu troquei os doces do dia a dia por alimentos saudáveis e como sempre de 3 em 3 horas para não diminuir o metabolismo.

    Procuro sempre incluir proteína (frango, peixes, leite e iogurte desnatados, cottage, peito de peru, whey) em todas as minhas refeições e lanches, para assim conseguir aumentar ou pelo menos manter a massa magra. Sempre consumo carboidratos integrais (arroz, macarrão, pão), batata doce, tapioca e evito muito comer doces e frituras. É muito difícil ter essa disciplina, as vezes me permito comer algo que tenho vontade, principalmente no fim de semana, tento ser pelo menos 80% do meu tempo saúdavel e sem furar a dieta.

    Vou para a acadêmia de 5 a 6 vezes na semana. Gosto muito de correr, e com certeza foi o que me ajudou a emagrecer logo que voltei, porém hoje como o meu objetivo é outro, tenho um foco maior na musculação. Faço a musculação todos os dias e em seguida 30 minutos de exercício aeróbico com menos intensidade.

    8. Como se sente agora? Há algum problema de saúde que melhorou? E a autoestima? O que mudou no seu dia a dia?

    Posso dizer que a acadêmia é o meu vício, não vivo sem e faz parte da minha rotina. É onde recarrego todas as minhas energias pra cuidar dos meus filhos. Minha auto estima melhorou muito e fico muito feliz em ver os meus resultados e ver que todo o meu esforço valeu a pena, não tem preço!

    Sei que tenho muito que alcançar ainda, porém conheço o tamanho do meu potencial e da minha força de vontade e se Deus quiser não paro nunca mais!

    9. Dos alimentos da dieta, qual o seu preferido? Como você faz para controlar a vontade de comer doce?

    Como frango praticamente todos os dias, eu gosto e não enjoo. Adoro fazer o meu mingau de banana com whey, que eu amo e mata muito a minha vontade de comer doces.

    Faço com uma banana amassada, 2 col de aveia, 1 scop de whey de chocolate, um pouco de canela e alfarroba em pó, mistura tudo com um dedo de água e coloco 30 segundos no microondas. Fica maravilhoso!!!! Iogurte com whey de chocolate também é um dos meus doces favoritos!

    10. Qual é o seu conselho ou dica para as leitoras do blog que querem perder peso?

    Acreditem que é possível mudar, quando se quer. O começo pode parecer dificil e desanimador, mas com o tempo e com o inicio dos resultados a motivação é maior e vence qualquer desafio.

    Não desista dos seus objetivos e principalmente acreditem no seu potencial, o caminho pode parecer longo, mas com certeza a recompensa é maior! Como sempre digo, vamos a luta! estamos juntas nessa!

    16 • fevereiro • 2014

    Entrevista Fit: Larissa Ramos

    A entrevistada da semana é a Larissa Ramos, de 23 anos que mora em Bauru/SP (minha cidade) e é Designer.

    Jogo Rápido:

  • Peso e manequim antes: 76kg Manequim: 44/46
  • Peso e manequim atual: 64kg Manequim: 40/42 pelo quadril.. mas vestidos 38
  • Altura: 1.65m
  • Uma inspiração: Alice Matos e Fernanda Keller
  • Uma meta: Correr a Sao Silvestre no final do ano e uma meia maratona em 2014
  • Redes Sociais: Facebook | Instagram
  • 1. Em quanto tempo emagreceu e há quanto mantém?

    Comecei meu processo de emagrecimento a 10 meses, em abril. Meu peso estabilizou a uns dois meses.. Assim continuo mantendo as dietas e meu peso tb.

    2. Qual foi sua primeira mudança?

    O primeiro passo foi entrar na academia, perceber que precisa de uma atividade fisica.

    3. O que fez você decidir que queria emagrecer?

    Inicialmente, fui diagnosticada com sindrome do pânico em janeiro de 2013. Era medicada com tarja preta e foi uma fase bem dificil. Tinha medo de sair de casa, de ficar no trabalho ou ver gente. Por tudo isso, meu médico pediu que eu fizesse algo para me distrair e mudar o foco da doença (que é bem psicológica).

    Ele deu a ideia de me matricular em uma academia. Dito e feito, comecei musculação aliada a intervalos ativos e fui emagrecendo sem querer. Quando perdi meus primeiros kilos resolvi levar a sério a dieta e os resultados vieram!

    4. Qual é a sua história em relação ao peso?

    Sempre fui gordinha. Era muito zuada na escola e quando tinha 13 anos pesava 83kg. Deveria ter na época um metro e meio (era bem obesa). Como estava na adolescência, sofria muito com as brincadeiras e por nenhum garoto olhar pra mim com outros olhos, eu era sempre a amiga que arrumava as meninas pra eles.

    Assim, pedi pra minha mãe me levar em um médico porque queria emagrecer. Ela me levou em uma nutricionista-endocrino e emagreci 20kgs em um ano. Desde 2004 venho realizando atividades físicas.

    Percebi que atividades fisicas pra mim são essenciais. Nao posso ficar sem elas! Fiz musculação em 2004 o que me ajudou muito a emagrecer e nao ficar flácida; fui lutadora de karate de 2006 a 2008, competia pela minha cidade natal: Bebedouro em campeonatos estaduais e federais. Sou vice campeã paulista na minha categoria.

    Em 2008 entrei na faculdade e parei tudo. Engordei 10kgs em 5 anos (os que perdi agora hehe). Em 2012 fiz meses de boxe e larguei mão das atividades físicas novamente até que em 2014 descobri a corrida na qual sou completamente apaixonada e viciada!

    As corridas de rua são meus grandes desafios, e gracas a elas que eu emagreci meus 12kg aliada a musculação.

    5. Quais foram as maiores dificuldades? Como superou?

    Acho que inicialmente foram os remédios que tomava pra síndrome e o grande medo que eu tinha de passar mal na academia. Tinha muitas tonturas que aconteciam do nada e sempre me monitoravam quando eu ia treinar.

    E outra foi o hipotireoidismo, diagnosticado em 2010. Convivo bem com ele hoje porque tomo remédio certinho e faço exames de 4 em 4 meses. Mas metabolismo lento é bem chato pra quem quer emagrecer! Superei a síndrome com exercicios e muita terapia. E o hipotireoidismo com remédios e acompanhamento do endócrino.

    6. Você era sedentária ou praticava atividades físicas na época?

    Fui sedentária ate meus 13 anos. A partir dai peguei gosto pelos exercicios. Só que tive que parar em 2008 por conta da faculdade. Fiquei 5 anos sem fazer nada, dai voltei a ser sedentária!

    7. Você teve ajuda profissional na sua mudança? Como era o cardápio? E sua rotina de exercícios?

    Tive uma grande sorte quando entrei na academia. A Educadora Física de lá, a Janaina, era de todo mundo, mas ela tinha um olhar especial pra mim por ver que eu era dedicada. Não faltava um dia nos treinos, então ela me passava todo mês um treino novo, além de fazer minha medição e pesagem. Ela acompanhava tudo.

    Comecei com musculação com intervalos ativos: corria 3′ na esteira e fazia séries de dois grupos, tipo bíceps e agachamento. E voltava a correr. Depois de meses meu peso estacionou e decidi procurar uma nutricionista porque até então eu comia o que eu pesquisava e lia, o que achava que era bom e seguia as dicas das meninas do #bymarinafit (grupo que me ajudou muito a nao cair nas tentações).

    Com cardápio correto e suplementação, comecei a emagrecer novamente. Hoje em dia eu faço musculação de segunda, quarta e sexta mais para resistência muscular devido as corridas e para não ter lesoes. E terça, quinta e sábado eu treino corrida acessorada por um coach em Bauru.

    Hoje foco muito mais nas corridas e resistência muscular do que hipertrofia. Minha alimentação é focada nisso também, como bastante cereais, oleaginosas, batata doce, frango, bife, saladas, abacaxi, laranja, maçã, linhaça, chia! E suplemento com whey e malto antes das corridas! Meu pós treino é uma xícara de açaí com frutas! (Santa dona Erika Rino, minha nutri linda que me deixa comer essa belezura hehe)

    8. Como se sente agora? Há algum problema de saúde que melhorou? E a autoestima? O que mudou no seu dia a dia?

    Me sinto feliz. Essa palavra resumi tudo. Graças a minha mudança: larguei meus remédios tarja preta, diminui as sessões de terapia, não tive mais crises, meus exames de rotina estão ótimos, minha autoestima está melhor impossível e confio muito mais em mim! Fiz novos amigos, estou numa fase linda com meu namorado (que modestia a parte amou os resultados e foi meu maior incentivador a começar a correr nas corridas de rua).

    Quando preciso comprar roupas, elas ficam largas e foi tão nítido essa mudanca que as pessoas começaram a vir me perguntar o que tinha acontecido porque eu estava mais aberta e comunicativa (sempre fui tímida, até no ambiente de trabalho).

    9. Dos alimentos da dieta, qual o seu preferido? Como você faz para controlar a vontade de comer doce?

    Eu amo batata doce! Mas o legal da reeducação alimentar é que você aprende a comer coisas que nunca comia. Eu tinha aversão a rúcula, hoje é uma das minhas paixões! Quando estou com muuuita vontade de doces, eu pego um iogurte 0% gordura e deixo no congelador para virar sorvete, ou faço o chocolate maromba ou até como uma fruta tipo abacaxi, melancia ou uva! Me ajudam bastante! Até bala de gelatinha zero!

    10. Qual é o seu conselho ou dica para as leitoras do blog que querem perder peso?

    Eu sempre quis emagrecer. Todo ano colocava nos objetivos essa meta, e nunca realizava. Acredito muito em momentos, cada um tem o seu e você com certeza vai perceber o seu momento. É aquela hora que você para e fala, “não, agora vai!”. É muito subjetivo! Só assim eu consegui.

    E com muuuuuita paciencia e deixando a ansiedade de lado (sou muita ansiosa, e muitas vezes descontava na comida isso). Tudo tem seu tempo! Foco é preciso sim, mas o processo de emagrecimento leva-se tempo! Tudo muito rápido não funciona! Seu corpo tem um tempo pra se acostumar com as mudanças, e isso é muito bom porque as chances de você voltar a engordar, serão menores! Respeite o seu tempo!

    E nunca, mas nunca mesmo faça as coisas por causa dos outros! Nunca emagreça para as pessoas. Se quiser ter esse objetivo, que seja por você! Pra você! E acima de tudo, sem cobranças! Leve a “dieta” como algo que vá acrescentar coisas boas na sua vida, varie os alimentos, experimente novos sabores! Se permita!

    Não deu pra malhar hoje, relaxa, vá caminhar na pracinha do lado de casa ou passear com cachorro! Faça das atividades físicas momentos prazerosos! Reuna amigas ou amigos para andar de bike ou correr! E saiba: não há sensação melhor do mundo do que uma pós corrida ou exercicio!

    Ah! Sempre procure a orientação de um profissional, sem essa de dieta nao sei que lá! Ou se matar na academia sem auxilio! Existem pessoas aptas pra nos ajudar e dar aquele empurrãozinho para alcançar nossos objetivos! Boa sorte para todas nós, nessa luta eterna contra a balança!

    09 • fevereiro • 2014

    Entrevista Fit: Verônica Ribeiro

    A entrevistada da semana é a Verônica Ribeiro, de 27 anos que mora em Goiânia/GO e é Administradora.

    Jogo Rápido:

  • Peso e manequim antes: 100kg Manequim: 46/48 (dependia da forma)
  • Peso e manequim atual: 70kg Manequim: 42/44 (Depende muito da forma). Passei do E-GG para o M
  • Altura: 1,63m
  • Uma inspiração: A felicidade e o positivismo da minha mãe
  • Uma meta: Correr de biquíni na praia
  • Redes Sociais: Facebook | Instagram
  • 1. Em quanto tempo emagreceu e há quanto mantém?

    Emagreci 30 kg em 9 meses. Eu disse uma vez que se voltasse das férias com o mesmo peso não engordaria mais, tem 2 meses que meu peso não aumenta (risos).

    2. Qual foi sua primeira mudança?

    Aceitei o meu biotipo, entendi que nunca seria uma mulher magra, com estrutura de modelo como a mídia mostra. Passei a me olhar com outros olhos.

    3. O que fez você decidir que queria emagrecer?

    No final do ano de 2012 fiz uma bateria de exames, descobrir que eu tinha diabetes e estava com uma disfunção na tireoide, além de não dormir direito. Passei a tomar medicamentos para reduzir a taxa de açúcar no sangue, um dos remédios eu pegava na rede pública. Um dia na fila do SUS por quase duas horas, quando chegou a minha vez o remédio havia acabado.

    Aquele momento me bateu um desespero, sentir vontade de morrer, sentei no meio fio e comecei a chorar, passou um filme em minha cabeça, cheguei a pensar em suicídio e graças a Deus não fiz nenhuma besteira comigo. Levantei e fui para o trabalho conversando comigo o seguinte: VÊ VOCÊ PRECISA SE AJUDAR, NÃO PODE MORRER PELA BOCA!

    A partir daquele dia eu decidir mudar de vida.

    4. Qual é a sua história em relação ao peso?

    Toda a vida fui gorda. Uma bebê gorda, infância gorda, adolescente gorda e sempre fui cobrada por isso e acabou que essa era a minha maior preocupação, obter uma magreza surreal, isso influenciava diretamente em minha auto estima, não conseguia avançar como gostaria, crescer profissionalmente era impossível simplesmente por que tinha medo de me posicionar.

    Eu me apegava a genética, não tomava posição alguma por que pensava: Eu sempre vou ser gorda, a família do meu pai é toda gorda…

    5. Quais foram as maiores dificuldades? Como superou?

    A maior dificuldade era a cabeça de gorda! Eu costumo dizer que sou uma gorda em recuperação, se deixar eu penso sim em comida o dia todo.
    Eu supero isso diariamente, por que eu tenho plena consciência que por toda a vida eu preciso ser vigilante. Pra me auto ajudar, converso comigo mesma em frente ao prato de comida e falo: VEJA BEM, ANALISE; VC SABE O QUANTO SOFRE LÁ NA ACADEMIA, E VC QUER REPETIR MAIS UMA VEZ?!

    Outra forma de me auto motivar é postar fotos no facebook e instagram, no início morria de vergonha, mas depois eu vi que tinha um monte de gente que precisava de ajuda e que de uma forma ou de outra eu conseguia atingir o coração das pessoas, com mensagens positivas, bem humoradas, motivantes e etc.

    6. Você era sedentária ou praticava atividades físicas na época?

    Sim era sedentária, me matriculava na academia toda segunda feira (o dia internacional da dieta) mas não ia, eu preferia vestir um vestido solto e ficar deitada no sofá e por lá ficar o dia todo.

    7. Você teve ajuda profissional na sua mudança? Como era o cardápio? E sua rotina de exercícios?

    Sim, tive ajuda de alguns profissionais. Um nutrólogo que conseguiu identificar que nunca tive problemas na tireoide e sim uma camada de gordura no fígado de 7cm e que a diabetes era por conta da quantidade de gordura que eu tinha no corpo;

    Passei também pelo processo de coaching, este me fez ver que eu poderia realizar todos os meus sonhos, inclusive emagrecer;

    O preparador físico da academia, não contratei ele mas eu vejo que ele me adotou, tanto que eu digo que temos um relacionamento muito sério, brinco que ele é meu marido de tanto que a nossa relação ficou bacana, acredito que sem ele fazendo com que meus treinos fossem interessantes não teria colocado a AF como uma rotina diária, assim como escovar os dentes (risos) .

    Falando dos exercícios, no inicio do processo de emagrecimento era ergometria direto, 2 hr na academia na esteira, transport e bicicleta; aos poucos comecei a correr e diga-se de passagem que aí sim comecei a ver os maiores resultados. Depois passamos a fazer circuito, ergometria + musculação. Há 3 meses eu incluir a zumba em meus treinos e os resultados foram melhores ainda! Hoje é zumba 2 vezes na semana e academia 6 vezes por semana. Um dia eu tirei para descanso.

    Alimentação: Meu nutrólogo passou uma dieta de 1200 a 1500 calorias, por que eu fiz mesmo uma reeducação alimentar, comecei a mudança aos poucos. Comia arroz, feijão, carne magra e muuuuuita salada verde, passei a ler sobre nutrição inclusive no grupo #ByMarinaFit (facebook) me ajudou muito nesse período, eu via a foto das comidas e tentava fazer em casa.

    Falo que hoje sou expert em nutrição, monto os meus cardápios de tanto que eu li sobre o assunto, como arroz integral, frutas todos os dias, iogurte, leite, carne, peixe… Demorei muito pra aceitar que eu deveria ter dia do lixo, passei a fazer a cada 10 dias, sentia muita culpa mas mesmo assim eu fazia por que no outro dia eu me matava na esteira .

    8. Como se sente agora? Há algum problema de saúde que melhorou? E a autoestima? O que mudou no seu dia a dia?

    Eu me sinto a mulher mais linda do mundo (modéstia), eu consigo me olhar nas fotos e sorrir, consigo lembrar do momento, não vejo os meus defeitos, eu vejo minha foto e sinto orgulho em ser EU. Os problemas de saúde não tenho mais, diabetes, gordura no fígado, insônia, alteraçõe de humor, depressão não tenho mais nada! Eu durmo feliz e acordo sorrindo.

    Autoestima? hahaha aqui está no topo! Como eu disse acima, nunca consegui olhar no espelho e mandar um beijo pra mim mesma, e parece loucura mas eu faço isso todos os dias, e ainda tenho a ousadia de dizer: VC TA GATA, EU TE AMO. Uma espécie de narcisismo.

    Em meu dia a dia mudou minha postura em ver a vida! Hoje eu me visto melhor, me arrumo mais e assim me sinto linda. Consegui dar um salto em minha vida profissional, subi de cargo na empresa, passei a dar algumas aulas que era um dos sonhos poder passar meu conhecimento; Passei a sair de casa, deixei de locar 10 filmes e comer pipoca nos finais de semana, agora eu vou pra rua mesmo.

    Conheci uma porção de gente bacana, tirei aquela capa amargurada que eu tinha e deixei as pessoas chegarem. Hoje faço planos de férias na praia, antes eu só pensava em meu sofá; Hoje me sinto livre e segura para qualquer mudança, desafios, relacionamentos.

    9. Dos alimentos da dieta, qual o seu preferido? Como você faz para controlar a vontade de comer doce?

    Marina, eu como mesmo com prazer. Eu sei cozinhar então passei a montar meus pratos, eu faço minhas marmitas todos os dias, e quer saber a hora da minha refeição é um evento. Dos alimentos que mais gosto é o pepino esse eu como todos os dias por que realmente eu gosto, bolo de banana sem trigo e açucar (receita minha, eu adaptei) e iogurte grego com mamão.

    No inicio quase morria de vontade de comer doce, mas eu havia colocado na cabeça que precisava emagrecer. Eu corria do chocolates e pudins, quando apertava aquela loucura eu chupava picolé de limão ou uva, dava pra aliviar a vontade.

    Mas vejo que isso é uma questão de hábitos, agente se acostuma com tudo nessa vida, inclusive de não comer uma barra de chocolates.

    10. Qual é o seu conselho ou dica para as leitoras do blog que querem perder peso?

    Eu sempre digo que meu processo só deu certo, pq eu me aceitei, aprendi a me desafiar todos os dias e entendi os meus limites. Precisava me amar acima de tudo e todos, fazer algo por você mesmo é maior prova de amor que uma pessoa pode fazer, por que vc não só se ajuda, mas as pessoas que estão por perto também crescem. Falo isso por que a minha relação com a família hoje é 100%.

    Gostaram da história da Vê?

    02 • fevereiro • 2014

    Entrevista Fit: Ariane Rodrigues

    A entrevistada da semana é a Ariane Rodrigues, de 19 anos que mora em Barbacena/MG e é blogueira.

    Jogo Rápido:

  • Peso e manequim antes: 73kgs Manequim: 40/42
  • Peso e manequim atual: 56kgs Manequim: 36/38
  • Altura: 1,61m
  • Uma inspiração: Você ♥ Sempre te admirei porque você conquistou um corpo maravilhoso sem radicalismo e a sua rotina alimentar é saudável e sem neura!
  • Uma meta: Minha meta hoje é ganhar um pouco de massa muscular, porém sem deixar de ser magra. Gosto do estilo mais “slim”.
  • Redes Sociais: Facebook | Instagram | Blog
  • 1. Em quanto tempo emagreceu e há quanto mantém?

    Emagreci 14 kg em um ano. Depois de 1 ano e 6 meses percebi que havia ganho 3kg e aí emagreci 6kg com reeducação alimentar e atividade física.

    2. Qual foi sua primeira mudança?

    Minha primeira mudança foi na alimentação. Emagreci 14 kg apenas com reeducação alimentar. Passei a comer de três em três horas e o mais importante: não cortei todas as guloseimas de uma vez. No começo comia duas porções de doces por semana e 2 copos de refrigerante também.

    Com o tempo resolvi cortar o refrigerante de vez e doce como apenas quando estou com muita vontade ou em festas, e claro, sem exageros.

    3. O que fez você decidir que queria emagrecer?

    Eu sempre me sentia incomodada com peso. Queria ser magra como as minhas amigas. Muitas vezes me enganava e me forçava a pensar que eu era magra, mas sempre que saía um comentário desagradável, caía a ficha e eu sofria muito. No começo de 2011 resolvi buscar ajuda profissional pra alcançar meu objetivo.

    4. Qual é a sua história em relação ao peso?

    Eu sempre fui gordinha, desde criança. As críticas sobre o meu peso me acompanharam desde a infância também. Vinham das amigas do colégio, da família e de conhecidos também. No ensino médio não sofri muito com comentários maldosos, mas quando acontecia eu desabava e chorava muito. Eu sempre tentei me convencer que não era gordinha e mesmo vendo meu peso na balança, pensava que eu não aparentava pesar tanto e que ninguém percebia, vivia me enganando. Em nenhuma época da minha vida fui magra, a não ser hoje.

    É inexplicável a sensação de me olhar no espelho e ver uma pessoa magra, bonita e o principal, saudável. Minha paixão pelo estilo de vida saudável é tanta que a escolhi como profissão. Esse ano começo a faculdade de nutrição =D

    5. Quais foram as maiores dificuldades? Como superou?

    Com certeza foram os momentos de compulsão. Eu descobri que tinha compulsão alimentar Quando eu saía da dieta, comia o mundo e não estava satisfeita, isso fez com que eu desse vários passos pra trás e precisasse recomeçar.

    Hoje em dia posso dizer que superei a compulsão. Como? Traçando metas e sendo muito forte. Rejeitei muitas coisas porque sabia que se eu começasse a comer não ia parar. Hoje já consigo comer um pedaço de pizza sem desejar comer ela inteira. Aprendi a ter equilíbrio.

    6. Você era sedentária ou praticava atividades físicas na época?

    Totalmente sedentária. Odiava academia e por isso não pratiquei atividade física no primeiro ano de reeducação alimentar. Me arrependo muito, porque emagreci perdendo massa magra e mesmo depois de ter chego no peso ideal, meu percentual de gordura era alto.

    Há 6 meses comecei a ir na academia e a praticar musculação, meu corpo se transformou!

    7. Você teve ajuda profissional na sua mudança? Como era o cardápio? E sua rotina de exercícios?

    Sim. Desde o início contei com a ajuda de uma nutricionista. Meu cardápio era saudável e tinha de tudo, justamente pra eu não desistir da dieta na primeira semana. Podia comer 2 porções de doces e 2 copos de refrigerante por semana. Hoje em dia tenho acompanhamento de um nutricionista esportivo e meu objetivo atual é ganhar massa muscular.

    Exercícios eu pratico tem 6 meses. Vou a academia 4 a 5 vezes por semana e pratico musculação.

    8. Como se sente agora? Há algum problema de saúde que melhorou? E a autoestima? O que mudou no seu dia a dia?

    Me sinto outra pessoa. Costumo dizer que perdi 17kg e ganhei uma vida. Problema de saúde eu nunca tive. Hoje me sinto mais segura, eu era super complexada com o meu peso e me limitava a várias coisas. É uma alegria meu namorado me pegar no colo, vestir um jeans 36 e não se preocupar em parecer mais “cheinha” usando uma roupa mais larga! Definitivamente, sou outra Ariane!

    9. Dos alimentos da dieta, qual o seu preferido? Como você faz para controlar a vontade de comer doce?

    Ah, tenho vários alimentos preferidos: AMO pão integral, queijo cottage sem lactose e sou apaixonada por whey protein de chocolate, nunca mais tomei achocolatados!

    Eu sou louca por doce, mas só como no day off. Se der muita vontade durante a semana, como um quadradinho de chocolate 85% cacau que aprendi a gostar, e hoje prefiro ele que chocolate ao leite! Dá pra fazer vários doces “fit” com whey também!

    10. Qual é o seu conselho ou dica para as leitoras do blog que querem perder peso?

    Respeitem o corpo de vocês! Não cortem tudo de uma vez, porque dessa forma as chances de dar é errado são enormes. Comecem cortando as guloseimas, o refrigerantes e frituras durante a semana. Acredito que o segredo é o equilíbrio. Não precisamos nos privar de nada, é só não exagerar!

    Gostaram da história da Ariane?

    26 • janeiro • 2014

    Entrevista Fit: Henrique Soeiro

    O entrevistado da semana é Henrique Lima Soeiro, de 24 anos que mora em Leme/SP e é empresário.

    Jogo Rápido:

  • Peso e manequim antes: 104kgs Manequim: 48
  • Peso e manequim atual: 82kgs Manequim: 40
  • Altura: 1,82m
  • Uma inspiração: Dwayne The Rock Jhonson
  • Redes Sociais: Facebook | Instagram
  • 1. O que fez você decidir que queria emagrecer?

    Bom, primeiro que nunca me dei bem com o espelho, nunca gostava de ficar sem camisa e sempre só queimava o que a camiseta não cobria. Quando casei, me conformei de vez com a minha situação, já estava acomodado com meu corpo, até porque minha esposa nunca me cobrou nem criticou.

    Um certo dia, ela me olha de cueca e a barriga já estava caindo por cima da cueca, ela me cobrou pela primeira vez, disse pra eu me cuidar, primeiro pela saúde, depois pela estética que não estava nada bonita. Á partir disso resolvi que tinha que mudar pra valer! Tenho uma esposa linda e com corpo top, não podia ficar pra trás…hehe

    2. Qual foi sua primeira mudança?

    Foi na alimentação. Eu acreditei que quanto mais rápido eu entendesse os meus novos hábitos, mais rápido seria minha adaptação nas refeições, na vida social, etc. Academia veio na semana seguinte e até hoje é a melhor coisa que podia me acontecer. Amo pegar pesado, treinar de verdade, isso me renova todos os dias!

    3. Em quanto tempo emagreceu e há quanto mantém?

    Emagreci esses 22kg em 1 ano. Nesses últimos 7 meses venho mantendo, uma dieta regrada e treinos de segunda/sexta.

    Continue lendo

    Marina Iris - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2018