12 • março • 2013

OZ – Mágico e Poderoso

O Mágico de Oz” é uma das minhas histórias favoritas, de uma sabedoria simples e linda. “Oz: Mágico e Poderoso” é um filme que cria uma história para explicar a origem do famoso mágico de Oz, de Frank Baum. É um filme da Disney, dirigido por Sam Raimi (diretor da trilogia do Homem Aranha, iniciada em 2002), que traz em seu elenco queridíssimos como James Franco e Michelle Williams.

1

Neste filme, Oscar Diggs é um mágico em um circo itinerante. Trapaceiro e mulherengo, acaba parando na Terra de Oz, assim como Dorothy na história original. E também assim como Dorothy, precisa salvar o povo de Oz da bruxa má. O que o impulsiona a fazer o bem é a recompensa que o aguarda no final – o ouro e o palácio que terá, caso consiga vencer a Bruxa.

2

Considerando que a história original me conquista pela simplicidade, em minha opinião, o filme peca nos exageros e acaba se perdendo em algum momento. No entanto, ainda assim é um filme agradável de assistir e alguns personagens nos conquistam totalmente, como foi o caso da bonequinha de porcelana – frágil, mas corajosa. Além da bonequinha, Oscar também terá a companhia de um divertido macaquinho durante a sua aventura.

3

4

O filme, que começa em preto e branco (o que é muito legal e tem super a ver com o cenário) logo ganha belas cores, sobretudo verde, vinho e dourado, o que torna as cenas muito bonitas visualmente.

27 • fevereiro • 2013

Oscar 2013 – Comentando os vencedores

Quem adora cinema provavelmente sente a mesma empolgação que eu quando a lista dos indicados ao Oscar é noticiada. Saber quem vai apresentar a cerimônia e conferir no dia os looks escolhidos pelas artistas queridas são algumas das coisas bacanas que a premiação traz. Até quem não curte muito cinema ou não está por dentro dos filmes indicados acaba se rendendo de alguma forma a todo esse clima glamouroso.

Embora o filme “Lincoln” liderasse em número de indicações, foi “As aventuras de Pi” o filme que mais ganhou estatuetas na cerimônia (melhor diretor, fotografia, efeitos visuais e trilha sonora original). Já a premiação mais esperada da noite, a de melhor filme, ficou para o filme “Argo”.

-3

As lindíssimas Anne Hathaway e Jennifer Lawrence também ganharam estatuetas. Anne ganhou na categoria de atriz coadjuvante por sua atuação no musical impactante “Os Miseráveis” e Jennifer Lawrence ganhou o prêmio de melhor atriz pela interpretação da personagem Tiffany em “O Lado bom da Vida”.

-4

Um detalhe que chamou atenção nas duas vencedoras e que eu achei uma graça foi o fato de que ambas usavam colares invertidos (caindo nas costas).

-5

O look de Anne Hathaway gerou opiniões bastante diversas. Enquanto alguns a acharam muito elegante, outros consideraram sua escolha simplória, o que a envelheceu. Por mim, ela poderia aparecer lá de bermuda e chinelos e ainda assim seria Anne Hathaway (muito amor <3).

Aliás, falando em amor, o filme “Amor” (sobre o qual comentei no post sobre os indicados) ganhou na categoria de melhor filme estrangeiro.

Django Livre”, filme do irreverente Quentin Tarantino, também ganhou alguns prêmios. Christoph Waltz ganhou o de ator coadjuvante e o próprio Tarantino recebeu o Oscar de melhor roteiro original.

-2

Agora fica a pergunta: o que vocês mais curtem no Oscar? Assistir aos filmes para estar por dentro? Conferir os looks? As apresentações ao longo da cerimônia?

Não deixem de dar a opinião de vocês também! 🙂

18 • fevereiro • 2013

O Lado Bom da Vida

O Lado Bom da Vida, dirigido por David O. Russell, é um filme (indicado ao Oscar) baseado na obra de autoria de Matthew Quick que conta a história de Pat (interpretado por Bradley Cooper, ator de “Se Beber, Não Case”), um professor que foi afastado do cargo e internado em uma clínica psiquiátrica devido à atitude violenta que teve após uma surpresa nada agradável em sua vida.

Após sair da clínica, Pat mora com os pais e busca reconstruir sua vida, insistindo na ideia de que pode convencer Nikki (sua esposa antes de todo o episódio da internação) de que está mudado.

ladobomdavida

É aí que Jennifer Lawrence, atriz querida mais conhecida por sua interpretação em Jogos Vorazes, entra na história. Irmã da mulher do amigo de Pat, Tiffany também conta com a ajuda de muitos medicamentos para superar um fato triste e inesperado em sua vida. O encontro dos dois gera uma troca, onde Tiffany se dispõe a ajudar Pat com Nikki com a condição de que ele também a ajude em “algo” que ela precisa.

3
2

Não é um filme com uma história super elaborada ou cenas cheias de efeitos especiais. O que conquista no filme é a realidade de sua história, unida ao senso de humor dos diálogos e atuação excelente do elenco – que conta com Robert De Niro no papel do pai de Pat.

Jacki Weaver, que interpreta a mãe na história, conquista facilmente pela sua personagem fofinha, a típica mãe preocupada e carinhosa.

Meio comédia, meio drama, o filme é uma delícia de assistir.

04 • fevereiro • 2013

Os Miseráveis: musical que emociona e diverte

Os Miseráveis é uma obra do escritor francês Victor Hugo, publicada em 1862 e que trata da França dos mil e oitocentos. No filme estrelado por Hugh Jackman e Anne Hathaway, o musical conta a história de Jean Valjean e das pessoas que passam por sua vida.

1

Jean Valjean estava em liberdade condicional quando fugiu e resolveu recomeçar, o que será dificultado pelo inspetor Javert. Ao longo do tempo, personagens com histórias complexas e emocionantes vão surgindo e mudando o ritmo da história de uma forma bastante envolvente. Jovens revolucionários, amores que transformam, pessoas maldosas e espertas… Uma representação de uma realidade que não se resume àquela época.

2

O filme nos emociona e também diverte. A parte divertida (e um tantinho cruel) fica por conta de Helena Bonham Carter (a Bellatrix da saga Harry Potter) e Sacha Baron Cohen (O Ditador). Confesso que eu nunca vejo muita graça no Sacha, mas nesse filme eu o achei engraçado.

3

O filme é TODO cantado, não é como alguns musicais que tem partes cantadas e outras faladas. Para quem não gosta do estilo, posso dizer que o filme é longo, mas que a história é tão bonita que vale a pena dar uma chance.

16 • janeiro • 2013

Indicados ao Oscar 2013

Na quinta-feira, dia 10, foi divulgada a lista dos filmes indicados ao Oscar desse ano. Aguardar por essa lista é uma das minhas grandes ansiedades de início de ano e eu sempre gosto de dividir isso com as pessoas, ver opiniões e discutir os indicados com quem também ama cinema.

O grande indicado do ano é o filme Lincoln, do diretor Steven Spielberg, que está indicado a 12 categorias, entre elas melhor filme e melhor diretor. Entre outros indicados à melhor filme temos Os Miseráveis (com Anne Hathaway concorrendo na categoria de melhor atriz coadjuvante), As aventuras de Pi, Argo e Django livre.

lincoln

Um que chamou minha atenção pela sinopse foi Amor. O filme conta a história de um casal de aposentados que trabalhava dando aulas de música e cuja filha, musicista, vive em outro país. Quando a mulher tem um derrame e fica com parte do corpo paralisada, o amor dos dois é colocado à prova. É um filme austríaco que concorre – além da categoria de melhor filme – na categoria de melhor filme estrangeiro.

amor

Na categoria de melhor ator estão Daniel Day-Lewis (Lincoln), Hugh Jackman (Os miseráveis), Joaquin Phoenix (O mestre), Denzel Washington (Voo) e Bradley Cooper (O lado bom da vida).

Já entre as concorrentes à estatueta de melhor atriz temos Jennifer Lawrence, a atriz querida de Jogos Vorazes, indicada por sua atuação em O lado bom da vida. Temos também a mais jovem indicada ao prêmio, Quvenzhané Wallis (Indomável Sonhadora), que tem apenas nove anos! As outras são: Naomi Watts (O impossível), Jessica Chastain (A hora mais escura) e Emmanuelle Riva (Amor).

ator-atriz

Concorrendo à melhor animação estão Frankenweenie, Piratas Pirados, ParaNorman, Valente e Detona Ralph.

animaçao

E a música que fez um tremendo sucesso, tema de 007 – Operação Skyfall, da Adele, foi indicada a melhor canção original. O filme também está concorrendo à trilha sonora original.

Os Vingadores, que também foi um sucesso de público, está concorrendo à estatueta por efeitos visuais e irá disputar com outros filmes visualmente lindos como As aventuras de Pi, O Hobbit – Uma jornada inesperada, Prometheus e Branca de Neve e o Caçador.

pi

E aí? Qual a torcida de vocês?

Marina Iris - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2018