04 • outubro • 2015

10 razões do porque somos viciados em pilates

Já faz tempo que ouvimos falar do poder viciante desse tal de Pilates; a obsessão que se inicia pela técnica após fazer algumas aulinhas e começar a ver os resultados. Melhora da força muscular, da flexibilidade, do equilíbrio, definição do abdômen… a lista não para!

Mas afinal, o que o Pilates tem de tão bom assim?

Confira a seguir 10 razões pelas quais você nunca mais irá abandonar o método.

1. Desenvolve força de dentro para fora.

Se você perguntar para qualquer pessoa que entenda um pouco mais sobre o assunto quais são os benefícios do Pilates, apenas TODAS elas te responderão FORTALECIMENTO DO CORE. O CORE é um agrupamento de músculos profundos que têm como papel principal a estabilização da coluna e a sustentação da postura e dos órgãos internos. Resumindo, ele é o bambambam do corpo. Fortalecê-lo não só irá te deixar com a barriga trincadinha, como também, irá permitir que as outras partes do corpo se movimentem corretamente e, consequentemente, ganhem mais força na hora de se exercitar. Como se não fosse suficiente, quando bem trabalhado, o CORE ainda pode auxiliar no controle da pressão arterial e dos níveis de colesterol. Tá pouco?

2. Ele te coloca na linha… LITERALMENTE!

Suas costas estão fora do prumo? Então comece a praticar Pilates para, literalmente, colocar sua coluna alinhada. Através do ganho da força e da flexibilidade dos músculos corretos, a sua postura fica elegantérrima e o mais importante: SAUDÁVEL! Sente dores na lombar ou no ciático? Vem pilatear!

3. É um exercício que você realmente sente.

Se vamos dedicar parte da nossa rotina para a prática de exercícios físicos, que façamos então nosso corpo senti-lo – e rapaz… como o Pilates faz! Aquela queimação – daquelas viciantes – na hora do exercício ou aquela dorzinha gostosa quando se está alongando, é sensação constante das aulas do método. Te fazendo ter certeza absoluta de que está se exercitando corretamente e que aquele músculo específico está fazendo esforço (danado aliás!). Quer melhor?

4. Olá abdômen durinho! 😀

Não é muito fã em fazer abdominais? Bem, pode dizer adeus ao velho e chato exercício do colchonete. Pois você irá trabalhar – E MUITO – o abdômen de diversas formas diferentes e, muitas vezes, até mesmo sem saber que está trabalhando. É porque no Pilates, a grande maioria dos movimentos exige a ativação da musculatura da barriguinha, ainda que só para estabilizar a coluna e manter a postura. Adeus pânceps! SIM!

5. Acelera o metabolismo.

Outro motivo para qualquer um amar o Pilates é que ele é capaz de acelerar o metabolismo. Ao construir músculos fortes à medida que freqüenta as aulas, o corpo se torna capaz de queimar mais calorias, mesmo quando não está se exercitando. Tipo quando estamos comendo… coxinha!

6. Ao infinito e além!

Toda baixinha tem seu charme, é verdade. Exceto quando a altura está comprometida por uma corcundinha, ou uma lordose aumentada. Quer crescer e aparecer? Bem… vem pro Pilates! Ao melhorar a flexibilidade dos músculos e das articulações da coluna, a técnica é capaz de deixar qualquer um mais alongado. Pode até crescer alguns centímetros, ACREDITE!

7. Boneca de aço aqui também!

Não estamos falando de coxas de panicat, ok?! MELHOR! Estamos falando de definições lindas e suaves e corpo firminho. Sim, o Pilates pode! Promove definição global dos músculos dos braços, costas, peito, abdômen e pernas… Comece a pensar em uma transformação total do corpo!

8. Seja flexível.

Quer ter abertura de bailarina sem fazer balé?! Yes, we can! A flexibilidade no Pilates é algo imprescindível nas aulas. E você irá trabalhá-la sem se quer saber. Articulações saudáveis, costas menos doloridas… tudo isso é conseqüência de quão flexível você está. Até mesmo a circulação sanguínea das pernas pode ser prejudicada quando os músculos estão encurtados. Então não pense duas vezes e… vem!

9. Menos stress e mais noites de sono!

Nada mais importante pro corpo e pra mente que conseguir dormir bem. Quando não descansamos o suficiente à noite, o dia seguinte com certeza será muito mais difícil de levar. Ao praticar Pilates, muita endorfina é liberada no corpo, dando sensação de relaxamento e paz. E quem não quer se sentir assim? Além disso, como a respiração correta é um dos princípios da técnica a serem trabalhados durante as aulas, você irá aprender a deixar o ar fluir – e com ele os problemas. Ponto pra ele!

10. Mais amor –próprio- por favor!

Com tantos benefícios como os citados acima, como não olhar no espelho e se sentir melhor? Não é à toa que o Pilates é considerado uma técnica completa. Promove um perfeito equilíbrio entre corpo e mente, auxilia no bom funcionamento dos órgãos, músculos e articulações, alivia dores, reabilita lesões, corrige posturas, define o corpitxcho e, até mesmo, melhora a performance sexual. Então como não se amar mais mais depois de tudo isso?!

Quer conhecer todos estes benefícios e os outros mais que o Pilates tem a oferecer?! Agende uma aula experimental hoje mesmo e comece a mudar sua vida! Na maioria dos estúdios, estas aulas são gratuitas.

Difícil vai ser não se viciar!!!

Aline Gonzaga

Fisioterapeuta, pós-graduada em Ortopedia e Desporte, professora e amante de Pilates. Adoro tudo que envolva o movimento do corpo humano. E como bestfriend da adrenalina sou também adepta do lema: “No pain, no gain”. Mas até que ponto essa dor gera ganhos? Quando o exercício vira vilão? E é pra que você entenda isso direitinho que vou falar sobre a execução correta e séries de exercícios para cada parte do corpo, que podem ser realizados até mesmo por quem não tem dinheiro ou tempo para academias; e sobre prevenção de lesões relacionadas à atividade física. Preparados?

27 • agosto • 2015

Porque homens de verdade fazem pilates

Muitas pessoas acreditam que o Pilates é uma técnica única e exclusivamente feminina, por se tratar de exercícios que trabalham muito o alongamento do corpo.

Porém, ambas as afirmações estão erradas, tendo em vista que a atividade – inicialmente chama de Contrologia – foi desenvolvida por um homem, Joseph Pilates, que em 1950 já havia fugido deste preconceito ao criar e adaptar exercícios que trabalham força e resistência, assim como também a flexibilidade, de forma global e específica para cada indivíduo, independente do gênero.

Para os homens, o Pilates pode trazer inúmeros benefícios! Primeiramente, ele ajuda a construir músculos. Existem aulas de alta intensidade com movimentos avançados que promovem uma ótima tonificação muscular.

Muitas pessoas gostam de falar, sem conhecimento da técnica, que o Pilates não define. Mas estão erradas. O Pilates, como qualquer outra atividade física que promove fortalecimento muscular, é capaz de definir o corpo de seus alunos SIM!

Porém, esta definição é mais sutil, dando contornos aos músculos sem ficar volumoso demais (como é o caso da musculação). Sendo este o motivo principal pelo qual as mulheres são mais adeptas da técnica, pois têm seus corpos desenhados sem exageros.

A flexibilidade também é um fator importante. Com exercícios de alongamento, o corpo fica não só mais esguio, favorecendo a visualização da definição dos músculos, como também menos susceptível a dores crônicas, estresse e fadiga.

Corrige posturas erradas, realinhando a postura e, conseqüentemente, melhorando a aparência física. Com a postura ideal (e claro, um fortalecimento específico de abdômen que só o Pilates faz!), a famosa ‘barriguinha de chopp’ diminui e conseguimos ver os músculos escondidos por trás dela.

Os ombros realinhados permitem aos músculos do peitoral e braços desenvolverem-se mais e, as curvaturas da coluna nos ângulos ideais oferecem maior visibilidade para os músculos das costas.

Postura é muito mais do que apenas sentar-se corretamente na cadeira de trabalho e pode lhe proporcionar muito mais benefícios do que apenas (se é que isso é pouco) alívio de dores e tensões.

E finalizando em grande estilo, as atividades sexuais do homem que frequenta aulas de Pilates também são enriquecidas. Sim, você ouviu perfeitamente bem!

Acontece que, além da melhora da circulação sanguínea, que irá favorecer a oferta de sangue para o órgão sexual durante o ato, alguns exercícios trabalham a musculatura da região pélvica, o que ajuda a aliviar a disfunção erétil e a ter melhores performances na hora H.

Todos estes benefícios são somados, ainda, à melhora da coordenação motora, do equilíbrio e da qualidade de vida em geral. Por isso, da próxima vez que passar em frente a um Estúdio de Pilates, não pense duas vezes antes de entrar e conferir de perto porque esta prática é tão adorada por todos que a experimentam. Combinado?!

Aline Gonzaga

Fisioterapeuta, pós-graduada em Ortopedia e Desporte, professora e amante de Pilates. Adoro tudo que envolva o movimento do corpo humano. E como bestfriend da adrenalina sou também adepta do lema: “No pain, no gain”. Mas até que ponto essa dor gera ganhos? Quando o exercício vira vilão? E é pra que você entenda isso direitinho que vou falar sobre a execução correta e séries de exercícios para cada parte do corpo, que podem ser realizados até mesmo por quem não tem dinheiro ou tempo para academias; e sobre prevenção de lesões relacionadas à atividade física. Preparados?

Marina Iris - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2018