A importância dos detalhes

Em um determinado momento do filme “Vatel – Um Banquete para o Rei” (Vatel, 1999), um dos personagens comenta que nada é belo ou feio por si só e que quem consegue compreender isso já está um passo à frente para se tornar um artista. Isso quer dizer que todas as coisas existem dentro de um contexto e são resultado de uma série de combinações. Ainda nesta cena, o personagem coloca uma flor roxa em um arranjo de flores brancas e isso parece dar o toque final. Pois é. Pequenos detalhes podem mudar todo o efeito que uma obra pode causar em quem a observa. Com o cinema não é diferente.

Para mostrar os efeitos que simples detalhes podem causar no espectador, retirei dois exemplos do filme “Em seu Lugar” (In Her Shoes, 2005). Vale dizer que essas informações foram explicadas pelo próprio diretor do filme, Curtis Hanson. Vamos lá?

Em seu lugar” conta a história de duas irmãs que, em comum, só possuem o número dos sapatos. Maggie (Cameron Diaz), a irmã mais nova, vive da boa aparência de seu corpo para conseguir as coisas que deseja, enquanto Rose (Toni Collette), a mais velha e mais responsável, se dedica muito ao trabalho como uma forma de não encarar os problemas que possui com ela mesma e com o espelho. Para retratar esse lado narcisista de Maggie, em suas cenas sempre se tem um espelho ou algo onde sua imagem possa estar refletida, como a janela de um carro ou uma vitrine.

Uma outra idéia que o diretor quis passar foi a de isolamento das diversas personagens da história. Para isso, ele utilizou um artifício muito bacana. Na casa da avó delas foram utilizadas obras de John Register, famoso por retratar a solidão em seus quadros. Um quadro aqui, outro ali… A gente acha que nem nota, mas no final das contas tudo isso contribui para passar a mensagem e o sentimento da história ao público.


E não é que os detalhes fazem toda a diferença?

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *