Saúde

Treine sua motivação – dica 7: Dieta x Festas: Dome seu cérebro

18/12/2014 | POR: Prof Leandro Rhein | TAGS: , , ,
ceiaxdieta

O “final do ano” é uma época particularmente perigosa? Não digo para a dieta somente, mas pensando no psíquico. Tudo está relacionado a situações de risco social iminente pela ruptura da rotina, da organização do tempo e pela variação caótica de encontros, desejados e indesejados que pode desencadear, e fica difícil lidar com dieta e treinos nessa época.

É essa a hora de colocar todas as dicas que trabalhamos aqui durante o ano, tanto de motivação, quanto o de foco, indicaria uma releitura dos meus posts. Mas, vamos aprofundar no assunto…

O final de ano marca um ponto de passagem. Aliás, também o início desse novo ciclo parece representar mais um estado de ânimo que uma data precisa no calendário. Refazemos promessas e prometemos dietas e metas, isso é bom!

Nessa época convivem dois sentimentos opostos: de que algo já se faz presente, mas ainda não vigora plenamente, como se não houvesse chegado sua hora. Por isso tememos esse período – e também o esperamos ardentemente. Seu retorno insidioso, ano após ano, traz à luz as mais fortes experiências infantis.

As lembranças de tantos desejos se apossam de nós combinando a saudade e a fantasmagoria do passado. Até nosso cérebro já se adaptou ao estresse, e a perda progressiva da experiência tornou-se a tal ponto um problema que muitas vezes recorremos aos discursos pré-fabricados nas reuniões e festas de Natal.

Vivemos – sem de fato viver – a aventura transgressiva do outro e ao mesmo tempo temos a sensação ilusória de que participamos de uma situação coletiva. Falsa coesão demonstrada pelo fato de que aquele que deixa o grupo será objeto imediato e preferencial de tal prática. Os ritos se impõem a seus praticantes, parecendo adquirir vida própria – com cartões escritos em grande escala, felicitações por atacado, presentes distribuídos como se atendessem à demanda de uma linha de montagem, práticas filantrópicas executadas milimetricamente, segundo as últimas técnicas de gerenciamento de tempo e de recursos humanos.

O objetivo é chegar vivo até o início do próximo ano – mas sem viver a experiência. E sua dieta, se você estiver em uma deve acompanhar um ritmo sem neuras, até por que você já estará esgotado mentalmente, deixe as coisas fluírem leve. A primeira regra de um possível “manual de sobrevivência neuropsíquica de fim de ano”, portanto, deveria contribuir para tornar crítica à consciência de nossa própria loucura − uma experiência trágica ou cômica, não importa desde que seja digna de ser narrada.

A primeira orientação, portanto, é: passar da vivência à experiência. Logo, a regra de ouro para essas épocas, não convém fazer desejos caberem em metas.

A festa, o fim do ano (mas também, em menor escala, o fim de semana e o fim do dia) são exemplos, mais ou menos coletivos, desses “pontos de suspensão”: de refeições do dia do lixo, dos prazeres permitidos. Se não quiser perder sua motivação: permita-se. Ou seja, não levar demasiadamente a sério sua própria loucura. Guardá-la com carinho é suficiente.

Vamos ser felizes em 2015, redefinindo seus limites, e suas metas.


Culinária

Torta Fit de Sorvete

17/12/2014 | POR: Carol Valdo | TAGS: , , ,
sorvete

Pense em uma delícia de sobremesa refrescante… olha ela aqui em cima!

Essa torta de sorvete é bem prática e com o calor que anda fazendo por aqui é uma ótima opção de sobremesa.

O sorvete foi feito com a Yonanas que comprei a pouco tempo mas você também pode fazê-lo batendo as frutas congeladas no processador, dá certo!

Como o sorvete é feito só com as frutas é importante fazer a massa com antecedência e fazer o sorvete só na hora de servir. Já fiz o teste, congelar o sorvete depois de pronto, não fica bom, a consistência não fica a mesma coisa.

Veja o que você vai precisar:

Ingredientes

Massa

1 Pacote de Cookies Light (usei da marca Jasmine de Avelãs com Gotas de Chocolate)
1 colher e 1/2 de sopa de óleo de côco

Recheio

4 bananas nanicas bem maduras
1 caixinha de morangos (usei somente 1 das 4 que estão na foto)

Preparo

Triture os cookies no processador até virarem uma farinha. Acrescente o óleo de côco e misture bem com as mãos, coloque a massa em uma forma de fundo removível (cerca de 22 cm de diâmetro), amassando bem até cobrir o fundo e as bordas da assadeira. Leve ao forno médio por 25 minutos até que a massa esteja firme. Retire do forno e deixe esfriar.

O cheiro dessa massa já é irresistível, quando começar a invadir a casa inteira você vai saber que está quase pronta!

Para fazer o sorvete é necessário congelar as frutas antecipadamente. Retire as bananas e morangos do congelador e coloque no processador batendo bem. A consistência é de um Sorbet.

Retire a massa da assadeira e acrescente o sorvete. Sirva imediatamente.

Experimente! É sucesso garantido!! Ahh.. e quando fizer não esqueça de me marcar a #ideiasfit #bymarinafit e marcar no seu post!

Um beijo e até a próxima!


Saúde

Pitada Natural – Temperos saudáveis

16/12/2014 | POR: Marina Iris | TAGS: , , ,

A Pitada Natural é uma linha de temperos com ervas e especiarias delicadamente selecionadas, 100% natural, sem adição de sal, conservantes e glutamato.

O produto vêm para atender às necessidades de uma infinidade de pessoas que no seu dia-a-dia preocupam-se em ter uma alimentação mais saudável, mas que normalmente esbarram na falta de tempo ou conhecimento para atingirem seus objetivos, apelando para a praticidade de alimentos e produtos industrializados.

Ideal para quem quer levar uma vida mais saudável ou está em dieta regrada, pois ele é totalmente natural e livre de sódio.

Hoje no mercado é possível encontrar produtos similares importados, mas com o preço nas alturas e esse produto é bem acessível e nacional <3

Com 6 sabores diferentes, você poderá variar o sabor dos seus pratos:

. Americano – É uma releitura da culinária cajun, tradicional da região da Lousiana.

. Argentino – Inspirado no chimichurri, molho muito utilizado por nossos hermanos para fazer a “parrillada”.

. Italiano – Combinação de sabores das ervas aromáticas como o manjericão, alecrim e tomilho.

. Mexicano – Inspirada na deliciosa culinária Mexicana, famosa por seus pratos picantes, este tempero, o mais apimentado da família, oferece muito mais do que apenas ardência.

. Jamaicano – Traz à sua cozinha o sabor do Caribe com um toque refrescante de hortelã e limão.

. Vovó – Inspirada no tempero da Vovó, foi criada esta combinação de ervas e especiarias, com um delicado toque de laranja.

E você ainda tem a opção de criar sua própria Pitada com seus ingredientes favoritos diretamente no site: www.pitadanatural.com.br.

Eu testei e amei, chega de comida sem graça e sem sabor!


Saúde

#retro2014 e Metas para 2015

14/12/2014 | POR: Marina Iris | TAGS: , ,
retro

Esse ano de 2014 foi bem intenso na minha vida saudável, foi nele que consegui chegar no meu melhor shape com a ajuda do Coach Bueno.

Tive altos e baixos de uma dieta com baixíssimo carbo, mas os tão sonhados quadradinhos apareceram na barriga, porém fiquei super magra (foto 1), ai mudamos para a dieta de carbo médio e alto e os resultados já apareceram.

Subi para 62kg, ganhei pernas, bumbum e seios (aumentei a gordura no corpo também), porém nem tudo é perfeito e a barriga trincada já foi :(

Hoje ela está apenas definida. Sai dos 10% de gordura corporal e estou com 12% hoje.

Minhas metas para 2015: serão o bumbum e as pernas, ganhar posterior… Não vou me estressar e nem focar na barriga, principalmente porque pretendo tentar engravidar novamente, se Deus permitir.

A luta continua!


551 páginas